Mulheres reclamam demais?

Uma amiga me chamou a atenção no Facebook para um tema feminino da maior importância: a constante ladainha das mulheres reclamarem absolutamente de tudo, sempre. Para ela, que também deve ter seus dias de chatonilda, a impressão é que a mulherada anda reclamando demais, a ponto de estragar até churrasco na beira da piscina ou […]

Americanas.com: a PIOR experiência de compra digital da minha vida

Tive problemas sérios e bastante desagradáveis com uma compra mal sucedida no site das Americanas.com. Leiam com atenção a reclamação que postei no site Reclame Aqui. Cuidado! “Comprei um videogame XBox 360 para o meu filho no site Americanas.com no dia 01/07.O produto veio com defeito, foi encaminhado para troca e até agora nada. A empresa apenas […]

Viciada em sites de compras coletivas? Veja as dicas…

Por causa da internet, fiquei viciada em duas coisas: sites de compras coletivas e novos tratamentos de beleza! Diariamente, recebo dezenas de ofertas e, volta e meia, acabo comprando alguma novidade para testar – já fiz ofurô com cromoterapia, ultrassom para gordura localizada, massagens diversas, esfoliação corporal etc . A última aquisição foi um cupom para clareamento dental da Clínica Hori que […]

Firmeza não é intolerância (ou “Quem engole sapo, um dia cospe marimbondo”)

Ultimamente tenho percebido dois movimentos distintos: pessoas totalmente intolerantes e aquelas que acham que tudo se resolve com jeitinho, sem precisar nunca perder a calma. Vamos por partes. A intolerância é a “doença” do século 21. E não estou falando daquele ódio gratuito contra minorias – negros, judeus, mendigos ou corintianos. Estou me referindo mesmo é à falta […]

Ladrões de bicicleta são diferentes em SP e NY?

Eu sou super nacionalista, patriota mesmo – não admito gente falando mal do Brasil ou pagando pau pra qualquer coisa dos “estrangeiros”-, mas algumas vezes tenho vergonha do que acontece por aqui e de como as pessoas tratam o bem alheio. Vou dar um exemplo de algo que rolou em Nova York e em São Paulo – uma história […]

Como não tratar o consumidor…

Nos últimos meses não tenho tido sorte com o celular. Comprei um iPhone nos EUA que deu pau e praticamente implodiu. Optei, temporariamente, por um chinesinho barato, com “tlês chips” como disse a vendedora, até ter tempo e grana para comprar outro aparelho. Quatro meses após a compra do Made in China, a qualidade (ou falta dela) do […]