17 de junho de 2019
Com 42% da renda nacional, brasileiros com mais de 50 anos não se enxergam nas campanhas publicitárias

Se os brasileiros com mais de 50 anos fossem um país, ele seria o 18º mais rico do mundo e estaria no G20 do consumo global. O potencial de compra das 54 milhões de pessoas que já ultrapassaram a barreira de meio século no País chega a R$ 1,8 trilhão por ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor equivale a 42% da renda nacional. E a “Grey Force” (força grisalha) continua na ativa: metade da renda dos 50+ vem do trabalho.

por

  • Atitude40 agora é Atitude+40
  • Barbie hipster, exposição étnica e outras histórias da boneca mais famosa do planeta
  • A volta da Loira do Banheiro
  • Comente pelo facebook:
    3 de outubro de 2018
    Primeira mostra de arte a bordo do mundo ganha website que funciona como galeria virtual para acompanhamento das aeronaves e fotos por mapa, em tempo real

    Índios da etnia Waruá

    A arte invadiu os aviões da Gol. A companhia aérea, que inovou ao apresentar a primeira exposição de fotografia a bordo do mundo (do fotógrafo Cássio Vasconcelos), denominada GOL Mostra Brasil, lançou a 2a edição do projeto. Desde se setembro, quem viaja nas aeronaves da Gol pode ver as fotos da exposição “Ameríndios doBrasil”, com imagens do fotógrafo e indigenista Renato Soares, que retrata algumas das 300 etnias indígenas presentes no país.

    por

  • Hotel na Toscana tem pacote de primavera para desfrutar lua de mel
  • 10 mudanças que podem acontecer aos 40 e que te fortalecem
  • Hilma af Klint: a sueca que pintava o futuro
  • Comente pelo facebook:
    17 de setembro de 2018
    A internet é terreno fértil de aulas online e EAD (Educação à Distância), que oxigenam a mente e o currículo

    Recentemente, voltei a estudar. Depois de mais de 20 anos longe dos bancos escolares, resolvi fazer uma pós-graduação em Arteterapia e Criatividade. Sou da área de Comunicação e Jornalismo há quase 30 anos, mas optei por abrir os horizontes, expandir a área de conhecimento e, principalmente, ter uma oportunidade para trabalhar no futuro com uma das minhas paixões, a cerâmica.

    Mas estudar não é nada fácil e requer tempo, vontade, disciplina, bom-humor e concentração. Depois dos 45 anos, o simples ato de sentar durante horas em uma cadeira dura, para assistir a uma aula, prestando atenção, já causa dores no lombar, sono e um cansaço que se estende ao longo da semana – minhas aulas acontecem aos finais de semana!

    Desculpas para desistir sempre vão existir, mas vale a pena persistir. Quem acha que encarar os bancos escolares é esforço e mudança demais para a vida pós-40, dá para começar mais devagar. A internet é terreno fértil de cursos online e EAD (Educação à Distância), que oxigenam a mente e o currículo.

    por

  • Relações plastificadas
  • 10 mudanças que podem acontecer aos 40 e que te fortalecem
  • Carro que estaciona sozinho deve agradar público feminino
  • Comente pelo facebook:
    14 de agosto de 2018
    Sono, sexo e resiliência estão na lista da longevidade e de uma vida mais saudável

    Ter mais de 40 anos, para a maioria das pessoas, pode ser um período de renovação. As mudanças acontecem no  corpo e , principalmente, na mentalidade de cada um. “Apostar em uma vida saudável, leve e prazerosa, enxergando os obstáculos da vida de modo resiliente, permite uma longevidade natural e com propósito”, explica a terapeuta e especialista em envelhecimento Marília Sanches.

    Uma lista de dez mudanças naturais que podem acontecer a partir dos 40 foi feita pela Movimentmarca de cuidado adulto. As transformações devem ser encaradas com muita tranquilidade, pois não vão fazer sua vida parar.

    por

  • Exposição nas alturas: Gol apresenta fotos de etnias indígenas em 120 aviões
  • Atitude40 agora é Atitude+40
  • Relações plastificadas
  • Comente pelo facebook:
    31 de julho de 2018
    Morrer, depender de outras pessoas, falta de vida ativa e doenças são os maiores receios masculinos

     

    Quem acha que só as mulheres têm medo de envelhecer, por conta da cobrança social pela “eterna juventude”, está bastante enganado. Pesquisa mostra que quase metade dos homens brasileiros (43%) enxerga a velhice como uma ameaça.

    O estudo feito pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) – São Paulo, em parceria com a Bayer, mostra que o que mais aflige esses homens é o medo de morrer (28%), a dependência de outras pessoas (18%), a falta de vida ativa (14%) e o desenvolvimento de doenças (11%).

    por

  • Curso online é opção para quem quer voltar a estudar depois dos 45 anos
  • Exposição nas alturas: Gol apresenta fotos de etnias indígenas em 120 aviões
  • Relações plastificadas
  • Comente pelo facebook: