31 de julho de 2018
Morrer, depender de outras pessoas, falta de vida ativa e doenças são os maiores receios masculinos

 

Quem acha que só as mulheres têm medo de envelhecer, por conta da cobrança social pela “eterna juventude”, está bastante enganado. Pesquisa mostra que quase metade dos homens brasileiros (43%) enxerga a velhice como uma ameaça.

O estudo feito pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) – São Paulo, em parceria com a Bayer, mostra que o que mais aflige esses homens é o medo de morrer (28%), a dependência de outras pessoas (18%), a falta de vida ativa (14%) e o desenvolvimento de doenças (11%).

Para esses homens, a velhice está mais associada à passagem do tempo. Embora estudos recentes comprovem que o envelhecimento comece aos 28 anos, a maioria dos entrevistados (86%) acredita que o envelhecimento se inicia depois dos 45 anos. Para 41% deles, somente aos 60 anos o homem começa a envelhecer.

Câncer de Próstata

Já o câncer é a doença mais assustadora para os homens. 64% têm medo de ter câncer, 30% por já terem casos na família. 36% não têm medo de ter câncer, sendo que 64% deles por ter hábitos de vida saudáveis e visitar o médico com frequência.

70% dos entrevistados conhecem algum homem que desenvolveu câncer ao longo dos anos, sendo que 35% afirmaram que o câncer em questão era o de próstata, 17% de pulmão, 9% de estômago e 8% câncer de fígado

Com o aumento da expectativa de vida no Brasil, a tendência é que a população busque se cuidar cada vez mais para conquistar uma longevidade de qualidade. Porém, nota-se que as mulheres costumam se atentar mais a isso do que os homens – desde muito jovem, temos o hábito de exames periódicos no ginecologista, ao contrário de muitos homens que visitam um urologista pela primeira vez só após os 50 ou 60 anos. Ou nunca vão!

Por medo, desconhecimento e até preconceito, muitos homens adiam o exame de toque retal, fundamental na prevenção e detecção do câncer de próstata. Segundo a pesquisa,  77% sabem que o câncer de próstata é o mais comum em homens a partir dos 50 anos. Quase metade deles (49%) nunca realizou o exame de toque retal.

Os principais motivos são: 26% porque o médico nunca pediu, 24% não gostam ou acham pouco “másculo”, 22% não têm sintomas ou idade para realizar, 15% consideram o exame de sangue suficiente, 13% não consideram o exame necessário. “O câncer de próstata  é o tipo de câncer mais comum na população masculina  (excluindo-se o câncer de pele tipo não-melanoma). O diagnóstico é simples e o tratamento tem boas perspectivas. Quanto antes identificar a doença e iniciar a terapia indicada, mais chances de recuperação e manutenção da qualidade de vida”, complementa o Dr. Fabio Schutz, coordenador médico da oncologia clínica do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo.

A pesquisa foi realizada em oito capitais (Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Recife) com 2.400 homens acima dos 45 anos.

Dicas médicas

A médica geriatra Dra. Maisa Kairalla, membro da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – Seção São Paulo (SBGG-SP), conversou com o blog Atitude40 e trouxe algumas orientações para os homens com mais de 45 anos.

Atitude40 – Quais as principais dicas para prolongar a saúde masculina após os 45 anos?

Dra. Maisa Kairalla – Primeiramente é importante ressaltar que as atitudes que podemos tomar em prol dos cuidados com saúde e qualidade de vida devem ser uma constante. Para se ter uma ideia, nossos hábitos ainda na infância podem impactar em nosso organismo. Além disso, estudos apontam que o envelhecimento começa a partir dos 28 anos de idade. Então, o aconselhamento é, ainda antes dos 45 anos de idade, começar a atentar para a saúde e se cuidar. Entre as indicações que podem contribuir para chegar bem à velhice podemos destacar:

  • Manter uma alimentação balanceada, rica em nutrientes, tendo como base, por exemplo, frutas e vegetais, grãos integrais, legumes e oleaginosas (como nozes) – pode ajudar a manter a força muscular, o peso, a energia e a capacidade de realizar atividades (desde as físicas até as rotineiras, como cuidar da casa, se vestir etc.). Com isso, contribuem com o alcance de qualidade de vida e o bom desempenho do organismo no processo de envelhecimento.
  • Outro aspecto é manter-se ativo – corpo e mente. Tanto a saúde física e mental representam a mesma importância. Portanto, exercitar-se nessas duas frentes é essencial.
  • Procurar evitar estresse, dormir bem também contribuir para a saúde do homem. Estabelecer relacionamentos sociais também contribui para a manutenção da saúde.
  • Além disso, o acompanhamento médico periódico é bem-vindo. Sobretudo entre os homens, que tendem a só procurar suporte quando estão doentes. O acompanhamento deve ser um hábito de manutenção da saúde também.

Atitude40 – Qual o índice de cura do câncer de próstata quando detectado no início?

Dra. Maisa Kairalla – Quando detectado precocemente pode aumentar em até 90% a perspectiva de um bom prognóstico para o paciente. Por isso, é tão importante fazer o exame de toque e, quando necessário, o PSA. Consultar o médico regularmente é essencial. Enquanto médica geriatra, corroboro com os indicativos da Sociedade Brasileira de Urologia e da Associação Europeia de Urologia, que recomendam o rastreamento do câncer de próstata em homens a partir dos 50 anos de idade. Já nos casos em que há histórico na família de câncer de próstata, deve se fazer o rastreamento a partir dos 45 anos de idade. Afrodescendentes também devem estar contemplados nesse grupo dos 45 anos de idade.

Atitude40 – Como as mulheres podem ajudar seus companheiros ou familiares com mais de 45 anos a cuidar da saúde?

Dra. Maisa Kairalla – Estimulando a ir ao médico ter acompanhamento periódico; encorajando a ter uma vida saudável, por meio de atitudes saudáveis também. Além disso, quando há suporte e participação em práticas saudáveis chegar bem à velhice fica ainda melhor.

 

Fotos: Divulgação

 

por

  • Perda muscular após os 40: prevenção e combate
  • Atitude40 agora é Atitude+40
  • Relações plastificadas
  • Comente pelo facebook:

    Deixe um comentário

    Seja o Primeiro a Comentar!

    avatar
    wpDiscuz