18 de dezembro de 2012
Sem categoria
Aplicativo de geolocalização marca onde e como os usuários estão tendo encontros sexuais. Baixei, testei e não curti! 

Antigamente, as pessoas adoravam os encontros amorosos secretos. O lema era: “Quanto mais escondido, mais saboroso”. 

Ter uma garçoniére era o símbolo máximo da solteirice masculina ou da prática de ter amantes no casamento.

Os mais jovens nem devem saber o que significa a palavra francesa, mas, resumindo, era um local (pequeno apartamento, em geral) alugado pelos rapazes para levar mulheres para transar. Simples e machista assim. 

Pois o fim das garçoniéres foi decretado pela tecnologia. Um novo aplicativo lançado no mercado móvil indica onde e como os usuários estão tendo relações sexuais.

O SexSquare é uma espécie de FourSquare focado em comportamento sexual. Em vez de mostrar onde a pessoa está jantando ou vendo um show, o App registra onde e como o usuário fez sexo. Com indicação precisa do GoogleMaps!

Antes de escrever este post, resolvi baixar no meu celular para ver como funciona e quem está participando. 

Você pode se identificar ou inventar um apelido. Não vi ninguém com nome real, todo mundo com nick. Em vez de foto, há 18 avatares disponíveis para ser a sua “cara”. O seu perfil indica ainda posição favorita e Minhas Transas. 

Em cada postagem dá para descrever detalhes de como, onde e com quem foi  a transa. As opções são: Ar livre, Masturbação, Na Água, No Carro, No Trabalho, Rapidinha, Romântica, Sado, Selvagem, Suruba e Swing.

Dá para dizer ainda se foi péssimo, médio, bom ou ótimo; em que posição (com opções para relações hetero e homo, a dois e a três); se foi utilizado algum “brinquedinho” e fantasia/lingerie. Os usuários que fazem mais check-ins recebem badges (medalhas) que o distinguem como “Sex Machine” (?!). 

O Atitude 40 testou!

Entrei no App, durante alguns dias, para escrever este post. A parte mais interessante é montar o perfil. Depois, não vi muito interação entre os perfis ou razão de ficar postando transas sob codinome para um monte de desconhecidos…

Talvez seja apenas algo narcisista ou exibicionista, porque o que tem de gente fazendo suruba ao ar livre em São Paulo, não está no gibi!  

Ou estão mentindo nos seus check-ins ou a cidade foi invadida por um bando de loucos (não-corintianos)…

Há ainda uma opção de compartilhamento no Facebook. Juro que não vi ainda na minha timeline ninguém dividindo suas experiências ou preferências sexuais. Ainda bem!

Ficou curioso/a? Dá pra baixar o aplicativo em www.lojadoprazer.com.br/sexsquare

Curta a página do Atitude 40 no Facebook: www.facebook.com/Atitude40

Fotos: Divulgação

por
Comente pelo facebook:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz