30 de agosto de 2012
Sem categoria

Eu adoro restaurante japonês e me acabo no rodízio de sushi e sashimi pelo menos uma vez por semana. Entre os peixes, um dos meus preferidos é o salmão (que faço também assado, com sal, pimenta, cebola, tomate e azeite, numa receitinha fácil e rápida).

Como muitos sabem, a maior parte do salmão consumido no Brasil vem do Chile, nosso vizinho de bons vinhos e pescados de qualidade.

Recebi este comunicado da Salmón do Chile, uma parceria entre o ProChile – Direção de Promoção de Exportações, órgão vinculado ao Ministério de Relações Exteriores do Chile – e a indústria de salmão chilena e resolvi compartilhar. Sempre fico desconfiada com estes releases que tentam “vender” seu produto como milagroso, mas dei uma checada e as informações procedem.

 
Os 7 mitos e verdades sobre o consumo de salmão 

1.   Gordura do salmão não é saudável: Mito
O salmão possui o tipo de gordura poliinsaturada, presente no ácido graxo ômega 3. Além disso, a gordura não tem valor calórico alto, já que um bife de salmão grelhado possui apenas cerca de 170 kcal.

2.   Salmão combate a flacidez: Verdade
O consumo de salmão estimula a criação de colágeno no corpo, além de diminuir o colesterol ruim do organismo, que provoca entupimento de artérias, retenção de líquidos, acúmulo de gordura e flacidez.

3.   Aumenta o bom humor: Verdade
Comer salmão estimula a produção de serotonina no sistema nervoso. O aumento ocorre devido ao ômega 3, que ativa os receptores dos neurotransmissores, responsáveis pelas mensagens de humor no cérebro.

4.   Comer salmão rejuvenesce: Verdade
O salmão possui selênio, que tem função similar à vitamina E, ou seja, é um antioxidante que impede a formação de radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce.

5.   Grávidas não podem comer salmão defumado: Mito
O salmão é ideal para as futuras mamães, pois o peixe ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso central dos bebês.

6.   Salmão ajuda nos estudos: Verdade
O ômega 3, presente no salmão, é essencial para o desenvolvimento do cérebro, aumentando o número de glóbulos vermelhos do sangue, o que influencia nos níveis de atenção das crianças e ajuda na memória. Quanto mais regular for o consumo, mais a mente fica afiada e os estudantes se saem melhor em testes.

7.   Salmão é um aliado da fertilidade: Verdade
Comer salmão diminui a probabilidade do aparecimento de endometriose, doença que causa fortes dores no útero e infertilidade.

Pela listinha, vale a pena apostar no temaki de salmão completo para substituir o jantar de vez em quando. É o que vou fazer hoje!

por
Comente pelo facebook:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz