24 de setembro de 2018
As equipes poderão ser adquiridas por R$ 180 mil

 

O hipismo brasileiro vai ganhar uma nova e emocionante modalidade de competição por equipes a partir de 2019: o Extreme Team’s Challenge (XTC). O campeonato anual vai colocar cavaleiros e amazonas profissionais lado a lado com jovens promessas e amadores extremamente competitivos e com nível de habilidade altamente qualificado.

Idealizado e organizado pelo cavaleiro olímpico Alvaro Affonso de Mirando Neto, o Doda, e pelo cavaleiro e treinador Marcello Artiaga, o XTC contará com 8 etapas e um Playoff, que serão realizados, de abril a dezembro, em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Campinas (SP) – sob a supervisão da Federação Paulista de Hipismo, Federação Equestre do Estado do Rio de Janeiro e Federação Paranaense de Hipismo, com a chancela da Confederação Brasileira de Hipismo. Até 16 equipes, compostas por 7 a 10 atletas, poderão participar. As equipes poderão ser adquiridas por R$ 180 mil.

por

  • Jeans para quem tem 40 anos: cintura alta e “girlfriend”
  • Curso online é opção para quem quer voltar a estudar depois dos 45 anos
  • Carro que estaciona sozinho deve agradar público feminino
  • 17 de setembro de 2018
    A internet é terreno fértil de aulas online e EAD (Educação à Distância), que oxigenam a mente e o currículo

    Recentemente, voltei a estudar. Depois de mais de 20 anos longe dos bancos escolares, resolvi fazer uma pós-graduação em Arteterapia e Criatividade. Sou da área de Comunicação e Jornalismo há quase 30 anos, mas optei por abrir os horizontes, expandir a área de conhecimento e, principalmente, ter uma oportunidade para trabalhar no futuro com uma das minhas paixões, a cerâmica.

    Mas estudar não é nada fácil e requer tempo, vontade, disciplina, bom-humor e concentração. Depois dos 45 anos, o simples ato de sentar durante horas em uma cadeira dura, para assistir a uma aula, prestando atenção, já causa dores no lombar, sono e um cansaço que se estende ao longo da semana – minhas aulas acontecem aos finais de semana!

    Desculpas para desistir sempre vão existir, mas vale a pena persistir. Quem acha que encarar os bancos escolares é esforço e mudança demais para a vida pós-40, dá para começar mais devagar. A internet é terreno fértil de cursos online e EAD (Educação à Distância), que oxigenam a mente e o currículo.

    por

  • Inês Brasil foi presa. No Orange is The New Black!
  • “Aos 40 anos, é necessário se libertar dos maus hábitos”
  • Quase metade dos homens brasileiros tem medo de ficar velhos
  • 14 de agosto de 2018
    Sono, sexo e resiliência estão na lista da longevidade e de uma vida mais saudável

    Ter mais de 40 anos, para a maioria das pessoas, pode ser um período de renovação. As mudanças acontecem no  corpo e , principalmente, na mentalidade de cada um. “Apostar em uma vida saudável, leve e prazerosa, enxergando os obstáculos da vida de modo resiliente, permite uma longevidade natural e com propósito”, explica a terapeuta e especialista em envelhecimento Marília Sanches.

    Uma lista de dez mudanças naturais que podem acontecer a partir dos 40 foi feita pela Movimentmarca de cuidado adulto. As transformações devem ser encaradas com muita tranquilidade, pois não vão fazer sua vida parar.

    por

  • Curso online é opção para quem quer voltar a estudar depois dos 45 anos
  • Relações plastificadas
  • “Aos 40 anos, é necessário se libertar dos maus hábitos”
  • 31 de julho de 2018
    Morrer, depender de outras pessoas, falta de vida ativa e doenças são os maiores receios masculinos

     

    Quem acha que só as mulheres têm medo de envelhecer, por conta da cobrança social pela “eterna juventude”, está bastante enganado. Pesquisa mostra que quase metade dos homens brasileiros (43%) enxerga a velhice como uma ameaça.

    O estudo feito pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) – São Paulo, em parceria com a Bayer, mostra que o que mais aflige esses homens é o medo de morrer (28%), a dependência de outras pessoas (18%), a falta de vida ativa (14%) e o desenvolvimento de doenças (11%).

    por

  • Dossiê da Menopausa: as 10 dúvidas mais frequentes
  • Treino Power HIIT em casa emagrece e dá condicionamento para mulheres +40
  • Baratas, moscas, gripe do manobrista: inimigos que podem invadir o seu carro!
  • 18 de julho de 2018
    Dinheiro vivo, pesquisa de preços e versatilidade ajudam os turistas na hora de economizar no balneário do Sul da Bahia

    Fitinhas do Bonfim amarradas atrás da Igreja Nossa Senhora d’Ajuda: tradição e fé

    Crise e alta do dólar têm impacto direto na escolha do destino de férias. Como viajar para o exterior com a moeda americana ou o euro nas alturas? Nesta hora, destinos nacionais ganham força e um lugar que eu adoro, mas que também não é muito baratinho, é Arraial d’Ajuda, na Bahia. O distrito de Porto Seguro é diversão garantida para quem curte belas praias, ótima gastronomia de peixes e frutos do mar, agito noturno e a malemolência e simpatia dos baianos.

    Acabei de voltar de uma temporada no Arraial e separei algumas dicas que podem ajudar na hora de economizar, sem abrir mão do conforto e da diversão.

    por

  • A mulher deve ser a melhor amiga da mulher!
  • A panela é minha, uso como quiser…
  • Hilma af Klint: a sueca que pintava o futuro
  • 1 2 3 42