13 de abril de 2018
Novo suplemento oferece silício 30% melhor absorvido pelo organismo para melhorar estrutura e qualidade dos fios

Eu já sofri com queda de cabelo por causa de stress e fico sempre atenta aos novos produtos e tecnologias. Acaba de chegar ao Brasil o Neosil, um tratamento antiage (antiidade) e antiqueda capilar para homens e mulheres. A novidade é um silício 30% melhor absorvido pelo organismo que o silício ativo, de acordo com o fabricante – é como eles chamam a exclusiva tecnologia Si+Biobetter.

O silício orgânico é um oligoelemento naturalmente presente no organismo e que desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde. Mas com o passar dos anos, há uma perda natural desse componente presente em nosso corpo, decorrente do envelhecimento e da produção de radicais livres, o que tem influência no processo de envelhecimento capilar e perda dos fios. Por isso alguns médicos dermatologistas recomendam a suplementação adequada.

por

  • Baratas, moscas, gripe do manobrista: inimigos que podem invadir o seu carro!
  • Dossiê da Menopausa: as 10 dúvidas mais frequentes
  • A volta da Loira do Banheiro
  • 8 de março de 2018
    Exposição da artista traz telas abstratas do começo do século 20 que ficaram guardadas em segredo por mais de 70 anos

    Retrato da artista sueca de Hilma af Klint

    Vou aproveitar que hoje é Dia da Mulher para falar de uma mulher incrível, pouco conhecida no Brasil ( e também no mundo) e que tive o prazer de descobrir na Pinacoteca de São Paulo: a artista sueca Hilma af Klint. Fui convidada com um grupo de blogueiros e jornalistas para fazer uma visita guiada à exposição “Hilma af Klint: Mundos Possíveis”, mostrada pela primeira vez na América Latina. A visita foi guiada pelo curador da Pinacoteca, Jochen Volz, juntamente com Daniel Birnbaum ( diretor do Moderna Museet, de Estocolmo) e por um sobrinho da própria Hilma.

    por

  • Barbie hipster, exposição étnica e outras histórias da boneca mais famosa do planeta
  • Carro que estaciona sozinho deve agradar público feminino
  • Inês Brasil foi presa. No Orange is The New Black!
  • 30 de janeiro de 2018
    Especialista alerta: “Tratamento barato deve ser questionado”

    A aplicação da toxina botulínica é o procedimento estético não-cirúrgico mais realizado no mundo – por ano, são mais de 4,6 milhões de aplicações, segundo a International Society of Aesthetic Plastic Surgery (Isaps – Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética).

    Desde que ficou disponível para fins estéticos, a toxina botulínica tem sido vista como uma poderosa arma de combate ao envelhecimento.

    Mas apesar da popularização do tratamento no Brasil e no mundo, muitas dúvidas existem em relação ao tema, alguns temores e muitos cuidados a serem tomados na hora de escolher uma clínica, consultório ou profissional.

    Hoje, vários profissionais estão aplicando a substância: enfermeiros, fisioterapeutas e dentistas já oferecem o procedimento. E os preços também variam muito!

    por

  • Maquiagem para cabelo disfarça fios brancos
  • Claudia Raia: “Depois dos 40, temos de alimentar os músculos”
  • Pare de mentir a idade!
  • 5 de janeiro de 2018
    “As mulheres não devem ter medo da menopausa”, diz endocrinologista sobre esta importante fase feminina

     

    Temida, nebulosa, problemática. Para muitas mulheres, a chegada da fase da menopausa vem recheada de dúvidas, medos, ansiedade e alguns quilinhos a mais.

    Para tentar minimizar as dúvidas e oferecer alguns esclarecimentos importantes, conversei com o médico endocrinologista Paulo Mário F. de Oliveira, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e especialista em menopausa.

    O endocrinologista Paulo Mário de Oliveira explica os principais sintomas e cuidados da menopausa

    As 10 dúvidas mais frequentes sobre o tema Menopausa:

    por

  • “Aos 40 anos, é necessário se libertar dos maus hábitos”
  • Silício ajuda no combate à queda de cabelo
  • Homens que não servem nem para amigo
  • 12 de dezembro de 2017
    Especialista em medicina preventiva fala como a perda dos hormônios femininos aumenta chances de depressão, osteoporose e doenças cardiovasculares

    Dra. Julia Gouvea é especialista em Medicina Preventiva

    Quando começamos a envelhecer? O processo é igual para homens e mulheres? E os hormônios, como interferem nesta questão? Para falar sobre estes temas que interessam a pessoas de várias idades, o blog Atitude40 conversou  com a médica Julia Gouvea. Ela é especializada em medicina preventiva, fisiologia hormonal, do esporte e do emagrecimento. Mestre em Biotecnologia pela UNP (Universidade Potiguar), é coautora do livro “Testosterona, Energia e Saúde”. 

    por

  • Perda muscular após os 40: prevenção e combate
  • Dossiê da Menopausa: as 10 dúvidas mais frequentes
  • Silício ajuda no combate à queda de cabelo
  • 1 2 3 41